sábado, Novembro 22, 2014

Pelos caminhos de Potrugal...


Alguns edifícios históricos de Vila Real de Santo António



Farol 


Centro Cultural António Aleixo


Balneário Público


Hotel Guadiana


Casa do Folques


Arquivo Histórico Municipal (Torreão Sul)


Arquivo Histórico Municipal


Capitania


Capitania


Casa Parodi (actual Conservatório regional de Vila Real de Santo António)


quarta-feira, Novembro 19, 2014

Um olhar


"Uma zebra é impossível para quem não conhece mais que um burro".

( Fernando Pessoa)
(O Livro do Desassossego)

domingo, Novembro 16, 2014

Pelos caminhos de Portugal...

Situada na vertente ocidental da Serra da Lousã, a paisagem que envolve Gondramaz é uma obra de arte da Natureza.

As boas vindas são-nos dadas com um poema de Miguel Torga, que se encontra numa placa metálica na área de recepção da aldeia.
Gondramaz distingue-se pela tonalidade específica do xisto que nos envolve da cabeça aos pés. Até o chão que se pisa é exemplo da melhor arte de trabalhar artesanalmente a pedra.



















quinta-feira, Novembro 13, 2014

terça-feira, Novembro 11, 2014

Um olhar


Tenho camisa e casacão
Sem remendo sem buraco
Estoiro como um foguete
se alguém no lume me mete.

(adivinha)


domingo, Novembro 09, 2014

Um olhar




Vista de Lisboa do Miradouro do Parque da Serafina, em Monsanto. Avistam~se as zonas de Campolide, Amoreiras e o Aqueduto das Águas Livres.


quinta-feira, Novembro 06, 2014

segunda-feira, Novembro 03, 2014

Um olhar


Foto: Elisa Fardilha
Montagem: Luís Fardilha


Duas malas de cartão numa terra de França
Um português deixou assim seu Portugal
Como tantos outros, ele não perdeu a esperança
O português que deixou seu Portugal

(...)

Linda de Suza

sábado, Novembro 01, 2014

Momento de poesia com Agostinho Fardilha


Fotos minhas 
Composição: Luís Fardilha


Novembro(mês do crisântemo)



No Oriente és símbolo de perfeição
ou símbolo do Sol para muitos povos;
venerou-te Confúncio, Mestre e Sábio;
e(´) fonte de optimismo e felicidade,
mas até enches sepulturas de afeição
bebendo aí lágrimas de velhos e novos;
refere a lenda que quem puser no lábio
o  suco da flor, terá longevidade.



Agostinho Alves Fardilha (o meu pai)
Coimbra

quarta-feira, Outubro 29, 2014

Um olhar




Nuvens e ventos e nada de chuva, assim é a pessoa que promete mas não cumpre.


 Provérbio

Mona Lisa " Animada"

ShareThis