terça-feira, maio 26, 2015

Um olhar



O sonho é a pior das cocaínas, porque é a mais natural de todas. Assim se insinua nos hábitos com a facilidade que uma das outras não tem, se prova sem se querer, como um veneno dado. Não dói, não descora, não abate – mas a alma que dele usa fica incurável, porque não há maneira de se separar do seu veneno, que é ela mesma. 

Fernando Pessoa, in 'Livro do Desassossego'

sábado, maio 23, 2015

Pelos caminhos de Portugal...


O Navio Hospital Gil Eannes, construído em Viana do Castelo nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, iniciou a sua actividade como hospital em 1955, apoiando durante décadas a frota bacalhoeira portuguesa que actuava nos bancos da Terra Nova e Gronelândia

Em 1998, a Fundação Gil Eannes, considerando-o património cultural e afectivo da cidade, resgatou-o da sucata.
Em 31 de Janeiro de 1998 foi recebido festivamente na Foz do Lima, onde depois de limpo e restaurado, foi aberto ao público, assumindo-se como pólo de atractividade para Viana do Castelo.
A reconversão transformou-o num espaço museológico, integrando salas de exposição, sala de reuniões, loja de recordações, quatro quiosques multimédia, um simulador de navegação e uma Pousada de Juventude.






domingo, maio 17, 2015

Pelos caminhos de Portugal...


Monsanto, a  aldeia mais Portuguesa de Portugal é, ainda hoje, uma das aldeias beirãs mais bem conservadas. As suas casas de granito e xisto aninhadas no meio de gigantescos blocos de granito conferem-lhe uma graça muito especial. 
Localizada na encosta de um monte escarpado - O Cabeço de Monsanto - a 758 metros de altitude, foi desde o tempo dos lusitanos um refúgio por excelência. Importante praça militar, os feitos históricos ligados ao castelo e à defesa da região são inúmeros. Hoje, dele restam alguns vestígios: a Torre de Menagem, a Torre do Pião (século XII) e a Igreja de Santa Maria do Castelo. Fora da muralha, encontra-se a Capela de São Miguel, dos séculos XII/XIII, da qual se diz ter sido erguida sobre um santuário dedicado ao culto de Marte, vendo-se em seu redor algumas sepulturas cavadas na rocha. 
Pelo casario, os visitantes podem apreciar as marafonas, bonecas de pano ligadas ao culto da fertilidade, assim como os adufes, instrumentos por excelência da Beira Baixa. 





























quinta-feira, maio 14, 2015

Um olhar


De porte delgado e elegante, o flamingo incluiu-se entre as aves de maior beleza de nossa avifauna, sendo  uma espécie em extinção.


segunda-feira, maio 11, 2015

Pelos caminhos de Portugal...



A simpática Vila de Alpedrinha (concelho do Fundão) fica situada na encosta da Serra da Gardunha, a cerca de 556 metros de altitude, tendo a seus pés toda uma planície de beleza única.
A paisagem de serra, as ruas sinuosas, as casas típicas recuperadas, fazem desta bonita vila um agradável ponto de interesse, rodeada de outros locais de grande beleza e forte património histórico, arquitectónico e social.

As origens da vila são remotas, existindo diversos vestígios do tempo de ocupação romana, mas também de ocupações ainda pré-históricas.
Alpedrinha é famosa por um dos seus naturais, D. Jorge da Costa, também conhecido por Cardeal de Alpedrinha ou por Cardeal de Portugal, que teve uma importante influência no não menos importante Tratado de Tordesilhas. 












Capela de São Sebastião






 Calçada Romana





Capela do Menino Deus



Casa rústica




Capela do Senhor da Oliveira


Capela do Espírito Santo










Mona Lisa " Animada"

ShareThis